Notícias

Eleição para o cargo de defensor geral será nesta sexta


 

Nesta sexta-feira, dia 11 de outubro, acontece a eleição para o cargo de defensor (a) público (a) geral do Estado do Ceará. O voto é obrigatório para todos os defensores públicos da ativa e a votação é presencial e acontece das 9 às 15 horas e conta com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que disponibilizou urnas eletrônicas instaladas na sede da Defensoria Pública do Estado do Ceará, localizada na Avenida Pinto Bandeira, 1111 – bairro Luciano Cavalcante, em Fortaleza, e nas sedes localizadas nas cidades de Juazeiro do Norte e Sobral.

A eleição também contabiliza os votos postais para os defensores que estejam afastados, de licença, férias e que tenham informado antecipadamente à Comissão Eleitoral. Os candidatos ao cargo de defensor (a) geral são: Elizabeth Chagas (10), Rubens Lima (50) e Sandra Sá (14). Cada defensor eleitor poderá votar em até três candidatos.

Durante o dia de eleições foi decretado ponto facultativo para que todos os defensores públicos possam votar e exercer atividades relativas ao pleito. Portanto, não haverá atendimento de defensores ao público nas sedes da Defensoria.

O processo eleitoral é conduzido, presidido e apurado por uma Comissão Eleitoral constituída pelas defensoras públicas Tânia Maria Freitas Mamede, Maria Angélica Cardoso Mendes Bezerra e Sandra Dond Ferreira. Compõem ainda a comissão os defensores suplentes Carlos Rogério de Siqueira, Carlos Alberto Pinheiro e Sílvia Helena de Carvalho.

De acordo com a defensora pública Sandra Dond Ferreira, presidente da Comissão Eleitoral, o voto é obrigatório e aquele defensor que não comparecer às urnas no dia da votação terá que responder a um procedimento administrativo pela Corregedoria do órgão. “É importante frisar essa questão para que todos fiquem cientes da obrigatoriedade do voto e dos horários de votação, já que ele é diferenciado. É um dia atípico para todos da carreira e sempre recomendamos calma, paciência e respeito entre todos, até porque somos colegas”, destaca.

Logo após a apuração dos votos, é formada a lista tríplice que será encaminhada para o governador do Estado, Camilo Santana, que escolhe o novo gestor da Defensoria Pública do Ceará para o biênio 2020-2021.

 


Últimas notícias

+ Noticias