Notícias

Defensores e colaboradores serão testados para Covid-19


A Defensoria Pública do Estado (DPCE) disponibilizará na próxima semana a testagem para defensores e colaboradores para retrato sobre a infecção do novo coronavírus (Covid-19) no corpo da instituição. A ação tem apoio da Associação das Defensoras e Defensores Públicos (Adpec). Quem desejar, poderá ser submetido ao exame na sede da DPCE durante os dias 30 de setembro e 1º e 2 de outubro (de quarta a sexta-feira). Essa será a primeira testagem para Covid-19 da instituição, garantida por meio de parceria com o Governo do Ceará.

Os testes serão aplicados com horário agendado, para evitar aglomerações, e respeitando todas as normas de segurança e distanciamento social, a exemplo das recentes campanhas de vacinação de H1N1 na Defensoria.

Os exames foram disponibilizados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) atendendo a pedido da defensora geral Elizabeth Chagas. “A testagem do nosso corpo de defensores e colaboradores é um passo importante para nos dar um retrato da saúde institucional. É fundamental termos a segurança para continuarmos as fases do nosso Plano de Retomada das Atividades Presenciais. Estamos cumprindo todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades sanitárias e de saúde e vamos permanecer assim com responsabilidade, segurança e trabalhando na promoção da saúde de todas e todos”, afirma.

Os testes disponibilizados servem para para identificar se defensores, defensoras, colaboradores e colaboradoras já desenvolveram anticorpos ao novo coronavírus. Essa é uma metodologia que utiliza amostras de sangue e indica se há infecção e em qual fase ela se encontra (se ativa ou tardia). Os testes rápidos são seguros, aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e apresentam sensibilidade superior a 86% e especificidade superior a 95%. Além disso, possuem avaliação técnica satisfatória pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), sendo aplicados pelo Lacen.

A testagem tem a Associação das Defensoras e Defensores Públicos (Adpec) como parceira. Além desta ação, a Adpec tem em elaboração de estudos sobre os locais de atuação junto a uma médica infectologista. “A Associação e a Defensoria caminham juntas no compromisso de viabilizar todo o suporte necessário para que o retorno às atividades presenciais aconteçam com segurança”, disse a presidente da Adpec, Amélia Rocha.

Plano de Retorno das Atividades Presenciais – A Defensoria implementou diversas ações preventivas e de resguardo à saúde de defensoras/es e colaboradores/as. Distribuiu, por exemplo, mais de 3.000 máscaras e 610 protetores faciais, adquiriu totens para disponibilização de álcool em gel nas unidades, adquiriu termômetro para os núcleos, submeteu todos os núcleos a novas rotinas de desinfecção e capacitou todas as equipes de Fortaleza e do Interior quanto à profilaxia e diagnóstico da Covid-19.

Até domingo (27/9), a DPCE segue na Fase 1 do plano de retomada das atividades presenciais, que contempla 15 cidades cearenses e determina expediente apenas interno – com os atendimentos externos (ao público) feitos somente por ligações, mensagens de Whatsapp e e-mails.


Últimas notícias

+ Noticias